Quarta-feira, 12 de Setembro de 2007
DICA

 

 

 

"Inteligências criativas, por terem evoluído, necessariamente chegam mais tarde ao universo e, portanto, não podem ser responsáveis por projetá-lo. Deus, no sentido da definição, é um delírio; e, como os capítulos posteriores mostrarão, um delírio pernicioso."

 

Não, eu não estou questionando a criação, menos ainda o “TODO PODEROSO” por trás dela.
Essa indicação faço de olhos fechados, muito mais pela curiosidade de lê-lo. Este, que está entre os mais vendidos no país. Quem já teve a oportunidade de conhecer as obras desse biólogo evolucionista, sabe quão polêmicas são suas idéias. Questionar o criador, a princípio pode parecer algo profano, e até posso compreender tal pensamento, mas devo confessar que admiro quem tem a coragem de arriscar-se ao ódio da humanidade em tal feito (Embora, a aceitação do livro me faz crer que ou a curiosidade é grande demais, ou a antipatia com relação ao livro não é tão grande como imaginei, ou ainda, demonstra a flexibilidade do leitor brasileiro. E em falar de curiosidade, aproveito a deixa para transcrever um trecho do livro acima citado: "Existe outra forma de tentação, ainda mais cheia de perigo. É a doença da curiosidade. É ela que nos leva a descobrir segredos da natureza, segredos que estão além da nossa compreensão, que nada nos podem dar e que nenhum homem deveria querer descobrir {Santo Agostinho}”).
Como cientista e credor da realidade explicada, é fácil entender essa descrença em um ser supremo que cria as coisas: "Esse trabalho jamais seria feito se os cientistas ficassem satisfeitos com o padrão preguiçoso como o estimulado pela 'teoria do design inteligente' (uma linha de pensamento que se opõe ao darwinismo nos EUA). Esta é a mensagem que um 'teórico' imaginário do design inteligente poderia transmitir aos cientistas: 'Se vocês não entendem como uma coisa funciona, não tem problema: simplesmente desistam e digam que Deus a criou. Vocês não sabem como o impulso nervoso funciona? Tudo bem! Não entendem como as lembranças são depositadas no cérebro? Excelente! A fotossíntese, um processo desconcertantemente complexo? Maravilha! Por favor, não saiam trabalhando em cima do problema, apenas desistam e apelem para Deus. Caro cientista, não estude seus mistérios. Traga seus mistérios a nós, pois podemos usá-los".
Se você ficou tão curioso, como eu, pra saber para onde caminham tais discursões a solução é ir até a livraria mais próxima e adquirir este best seller.

 



DEVANEIOS Lili às 15:06
| E vc, o que me conta? | favorito

4 comentários:
De Cin a 12 de Setembro de 2007 às 16:45
Realmente é um assunto polêmico e intrigante.
Bjos!


De alexandre a 12 de Setembro de 2007 às 17:18
Curiosidade é meu sobrenome!
Bjs.


De Fina Flor a 12 de Setembro de 2007 às 20:21
hummmm, me pareceu interessante!

beijos, querida

MM.


De Erika a 12 de Setembro de 2007 às 22:32
Posso só deixar um beijo?


Um beijo


.EU PARTICIPO
.PROCURA AQUI
 
.FOI PARA O BAÚ

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.DÊ UMA ESPIADINHA
.subscrever feeds