Terça-feira, 31 de Julho de 2007
CORAÇÃO PIRATA

     

      FOTO: Paulo Almeida

 

 

Navegando nos sete mares da emoção,
Sem leme, sem rumo, vai sem pressa um coração pirata
Saqueando paixões, roubando destinos, pilhando,
Bebendo carinho e nunca se comprometendo.
Então, coração pirata, diz qual é o plano agora?
Uma palmeira, dez passos e uma cova?
Onde esconde o teu tesouro, onde enterrou minha alma?
Tão ligeiro uma fragata, sempre vai atracar em outras praias,
Buscando marcações invisíveis pra sumir por além mar
E encontrar em portos outro coração pra despedaçar.
Um barco de velas içadas, a caveira da bandeira, nevoeiros e tormentas
E cumprir o seu destino e por fim o meu naufrágio...

 

 

# Como o tempo tá curtinho e a inspiração pouca, hoje postei um texto que escrevi para o blog temático no dia 08.07.07. Espero que  curtam.

Bjocas e uma terça-feira iluminada a todos! 

 

 

 

 



DEVANEIOS Lili às 18:02
| E vc, o que me conta? | ver comentários (15) | favorito

Sexta-feira, 27 de Julho de 2007
Legião Urbana - POESIA

FOTO: José Neves

 

Como expressar nas palavras,
os gestos que queria fazer,
as coisas que gostaria de ver,
os belos amanhecer e entardecer,
e o sombrio morrer...
faltam-se falas.

Mas ao expressar
o simples fato de escrever, falar,
nada existe para preocupar...
nada pode deturpar,
na essência pelo chorar,
no gesto por beijar,
comover e alavancar
o puro e simples "amar".



DEVANEIOS Lili às 23:48
| E vc, o que me conta? | ver comentários (21) | favorito

Quarta-feira, 25 de Julho de 2007
LIVROS

Hoje eu tenho uma missão muito difícil. Não, eu não vou salvar o mundo( bem que eu queria rs). Na verdade, apesar de difícil, é um desafio delicioso. Eu, como sou devoradora de livros e tenho uma lista enorme dos mesmos que já li, fiquei horas tentando escolher quais entre estes marcaram-me profundamente(este é o desafio) e ainda nem sei se de fato escolhi os livros certos, tão vasta eram as opções. Mas como tinha q ser uma brincadeira gostosa e saudável, resolvi parar de quebrar a cabeça e curtir essa viagem ao meu passado literário. Quero agradecer a minha amiga Érica que foi quem me colocou nessa. Adorei fofinha.

 

 

 

 

 Estamos sempre discutindo sobre as diferenças entre homens e mulheres e como essas diferenças afetam os nossos relacionamentos. O mais gostoso nessa leitura é que apesar de abordar o tema das diferenças de forma científica, os autores deram um toque de humor as situações vivenciadas pelos casais em geral.

Em cada parte você vai se encontar e rir muito de coisas tolas do dia-a-dia, que normalmente não damos atenção, mas que são de fatos verdades indiscutíveis da relação homem/ mulher.

Eu adorei lê-lo e desejo que sintam o mesmo prazer e que de certa forma consigam responder suas perguntas sobre esse tema sempre tão atual e presente em nossas vidas.

 

 

 

 

 

 

 

Esse é minha paixão. A visão de um homem sobre as mentiras que eles nos contam ao longo da vida.

Luís Ferando Verissimo tem feito parte da minha adolescência e esse jeito bem humorado de escrever sobre o cotidiano faz com que não consigamos desgrudar dos seus escritos.

O livro em questão, são pequenas histórias que contam a necessidade do homem mentir, principalmente pra proteger as mulheres da vida dele, mãe, namorada, sogra ...

Mas um itém torna este livro um bem querer, pois através dele conheci um amigo querido e até já comentei num post.

Leitura pra quem gosta de dar risadas. Recomendo aos que não tem paciência de ler por ser de leitura fácil, conter várias histórinhas o que o  torna menos enfadonho.

Divirtam-se!!!

 

 

 

 

Este eu li a pouco e adorei.

Conta a história de um gerente-geral de uma fábrica de vidros que passa por dificuldades nas áreas que atua como líder (empresa, família e a pequena liga de beisebol). Acoselhado pelo pastor e sua esposa, ele resolve participar de um retiro em  um mosteiro.

Len Hoffman, era um grande empresário muito conhecido e respeitado que se refugiara no mosteiro deixando pra traz uma carrera promissora. Ele é o professor do curso, sobre liderança ,da qual John(gerente geral) participaria.

Nós somos chamados a participar desse curso, que por sinal, tem sábias lições que podem ser colocadas em práticas no meio em que nós, de alguma forma, somos convocados a sermos líderes.

Nos ensina a extrair o melhor das pessoas, aprender a conviver harmoniosamente com elas, como sermos uma pessoa melhor e abrir nossos horinzontes.

 

 

 

Augusto Cury é um brilhante psiquiatra. Acompanho seu trabalho, gosto da maneira que escreve e de suas idéias sempre reflexivas e inovadoras.

Neste romance, ele nos coloca na pele de Marco Polo, um jovem estudante de medicina com seus sonhos e idealizações. Infelizmente, ele encontra uma realidade onde o descaso e a falta de sensibilidade o leva a questionar os métodos de  profissionais renomados.

Com o seu espírito de coragem e determinação ele luta contra preconceito e revoluciona mentes.

Vive intensamente num mundo totalmente novo, o das ruas, onde se depara com sonhos frustrados, futuros desfeitos e esperança perdidas e junto com seu novo amigo, Falcão, decide enfrentar o sistema e mudá-lo.

 

 

 

Este livro tem lugar de destaque especial, porque é verdadeiro e fala da mulher numa nudez de todas as hipocrisias da sociedade.

Porque, como tão bem foi escolhido o nome, Maria poderia ser uma de nós com nossos sonhos frustrados e com uma necessidade de viver intensamente tudo e sobreviver.

Maria, apesar de ser prostituta, guarda em si (como todos nós) o lado sagrado do sexo, mesmo vivendo o lado profano de forma completa.Maria amadurece precocemente e se distancia cada vez mais dos ideais de felicidade que tinha na adolescência. No decorrer de um ano vendendo seu tempo sem poder comprá-lo de volta, como ela diz, a jovem aprende a ser prática e realista, vacinada contra ilusões.

O mais importante desse livro é o aprendizado que a personagem tira das suas experiências e que podemos acompanhar em seu diário.

Não deixe de ler e se encantar com a história dessa prostituta.

 

Para a roda literária não parar, passo a bola para as meus coleguinhas:

Kall, Ricardo, Jana, Luma



DEVANEIOS Lili às 18:19
| E vc, o que me conta? | ver comentários (13) | favorito

Sexta-feira, 20 de Julho de 2007
AMIZADE

 Como hoje é dia da AMIZADE dedico este post aos meus amigos de sempre, que aguentam minhas lamúrias e minhas chatices, que me levam pra passear e me ensinam a beleza da vida e aos meus novos e tão queridos amigos da blogosfera que me receberam de braços abertos e me mostraram um novo mundo...

Bem que o texto abaixo poderia ter sido escrito por mim, é a definição perfeita daqueles que eu quero ao meu lado, mas como o Oscar chegou primeiro rss...

 

           AMIGOS

 

Meus amigos são todos assim: metade loucura outra metade santidade. Escolho-os, não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.

A mim não interessam os bons de espírito e os maus de hábitos.Fico com os que fazem de mim louco e santo.

Deles não quero resposta, quero o meu avesso.Que me tragam dúvidas e angústias e aguentem o que há de pior em mim. Para isso, só sendo louco!

Quero-os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.Escolho meus amigos pela cara lavada e alma exposta. Não quero só o ombro ou o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.

Meus amigos são todos assim: metade bobeira, outra metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.

Não quero amigos adultos, nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice. Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto. E velhos, para que nunca tenham pressa.

Tenho amigos, para saber quem eu sou. Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que a "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril.

                                                                                         OSCAR WILDE



DEVANEIOS Lili às 15:37
| E vc, o que me conta? | ver comentários (26) | favorito

Quinta-feira, 19 de Julho de 2007
Rir, santo remédio

                  

 

 

 

A deliciosa terapia de rir e que a muito eu não fazia. Não aquele riso timido ou obrigatário que damos aos transeuntes nas ruas. Não aquele riso enganador de dor, desfarçador, que vem sempre com a mensagem: “eu tô péssima mas não me pergunte nada”. Não o riso sem riso, sem vida, sem vontade, sem gosto, sem...
Bons são os risos com, com alegria de chegada, de boas novas, de conversa com amigos, de namoro ao telefone, de felicidade...
Riso daqueles que chegam a ser gargalhada, que começam mexendo todos os músculos do rosto e depois contagia todo o corpo, num sacolejo gostoso e numa sensação de que você ganhou o mundo todo. Feliz, bem feliz!
Rir de algo simples, bobo e depois nem saber porque está rindo, mas não importa, só importa rir sem medida, sem prazo certo pra acabar...
Rir é o melhor remédio. Ok, todo mundo já ouviu falar isso, mas se ainda lembramos dessa frase é porque ela é uma verdade. Rir sempre torna os dias mais proveitosos, nos deixa olhar os problemas com outros olhos, nos ajudando a encontar soluções e nos sair melhor das situações.
Existe um provérbio que diz: "O coração alegre aformoseia o rosto, mas com a tristeza do coração o espírito se abate". É preciso deixar que o bom humor coordene as nossas vidas para que o espírito não se abata e que quem se chegue a nós possa sempre sair com um lindo, leve e prazeroso sorriso no rosto... 
Desejo que  todos os dias sejam dias risonhos!!!



DEVANEIOS Lili às 19:52
| E vc, o que me conta? | ver comentários (9) | favorito

Quarta-feira, 18 de Julho de 2007
LUTO

          

     "É uma infâmia nascer para morrer não se sabe quando nem onde.

                (Clarice Lispector)

     " O homem morre tantas vezes quantas vezes perde o seus"

               (Publílio Siro)

 

 

Àos familiares e amigos dos que  tragicamente morreram no acidente da TAM, meu minuto de silêncio...

sonhos pelo caminho, dor , lágrimas... fim...

 



DEVANEIOS Lili às 18:24
| E vc, o que me conta? | ver comentários (6) | favorito

Terça-feira, 17 de Julho de 2007
Telefone sem fio/ Amarelinhas/ Brincando com as palavras

(imagem retirada da internet)

 

 

Maria falou pro João:

- Júlia anda com Pedrinho.

João relatou a Ana:

- Júlia anda namorando com Pedrinho.

Ana indagou à Marquinhos:

- Recebeu o convite de casamento da Júlia?

-Com quem a Júlia vai casar?

-Ouvi dizer que era com o Arnaldo.

 

 

 

 

Ainda em tempo vamos comemorar as amarelinhas que  têm vindo para nós. Duas  novas medalhas de ouro na natação. Brasil segue com garra e fazendo um espetáculo. Bom demais! Pan no Rio, ganhar em casa, sentir o corpo arrepiar quando ouvimos cantar o nosso lindo hino no lugar mais alto do pódio.Estamos em 6º lugar nos quadro de medalhas com um total de 16 medalhas.

# Aproveitando pra lamentar a não participação da pequena notável, Dayanne dos Santos, que por contunsão abandona as competições panamericanas . Meus sinceros votos de melhoras.

# Ainda sobre o pan e mais precisamente sobre a ginasta Jade Barbosa que com um erro nas barras perde o broze. Como disse muito bem um jornalista, que no momento não lembro o nome, "foi como tirar uma medalha de uma criança". Foi notório o esforço e o desejo, embora não conquistando, com certeza ela é uma vitoriosa pela garra que demonstrou...Querida Jade suas lágrimas também foram as nossas.

QUE VENHAM MAIS MEDALHAS!!!!

 

 

 

 

 

MUITA ATENÇÃO:

Minha querida Márcia me deixou hiper feliz  com uma novidade. Um filhinho lindo, concebido agorinha.

Pra quem já conhece a maneira leve e gostosa de escrever da " Clarinha" não pode perder a oportunidade de adquirir o livro e pra quem não teve a honra de conhecê-la essa é uma chance ímpar.

Como bem disse Ordisi Raluz :

"...Márcia quem sabe – de verdade – ficar brincando com palavras."

 Desejo a ela toda felicidade nesse novo ciclo. E aproveitando a chance dizer que eu quero uma linda dedicatória no meu exemplar rss

 

Para os que ficaram com água na boca e uma vontade louca de ter o seu é só clicar aqui e descobrir como adquirir.



DEVANEIOS Lili às 17:06
| E vc, o que me conta? | ver comentários (5) | favorito

Domingo, 15 de Julho de 2007
Jorge da capadócia

 

 



DEVANEIOS Lili às 18:13
| E vc, o que me conta? | ver comentários (7) | favorito

Quarta-feira, 11 de Julho de 2007
CALEIDOSCÓPIO

      

 

 

Deito a cabeça

Os pensamentos se arregalam

Quantos cabem no espaço de um segundo?

Eu finjo que é direito o que é avesso

E faço do passado um presente futurado

O que me sobra é essência

E um silêncio que o vazio traz.

Eu não encontro as respostas das perguntas...

E quando olho e não vejo eu sou cega?

E quando escuto o que não dizem?

Eu sei o que percebo

E o que percebo eu não entendo...

 

 



DEVANEIOS Lili às 15:39
| E vc, o que me conta? | ver comentários (7) | favorito

Sexta-feira, 6 de Julho de 2007
Saudades

teu cheiro andou me visitando hoje, leve e forte, indescritivelmente envolvente, inebriente, revelador...

A lembrança se acendeu e me foi embora o que me mantinha de pé.

Quando dei por mim estava sentada naquele banco onde nos conhecemos e você estava lá com o mesmo sorriso largo e os mesmos olhos penetrantes, desnudando minha alma e me roubando promessas.

Quando embarquei no barco da saudade ela me levou a momentos que eu jurava ter acontecido em outra vida, realmente era outra vida. A vida de nós dois se deslocou no tempo, virou história e quando me conto essa história eu quase chego a pensar que não sou a protagonista.

O fogo da lareira se apagou no instante que você bateu a porta e desde então só sinto frio. Eu, que havia me acostumado tanto com a sala escura e a cama vazia, fui visitada pelo seu cheiro e me lembrei que é impossível ser feliz sem o teu gosto doce, seus braços fortes a me proteger,sem ter você a me esperar todos os dias e as surpresas, os passeios, os chamegos...

Deixei a porta aberta pra você voltar, refiz os mesmos caminhos pra te encontar.

Só assim percebi que os nossos caminhos, talvez, nunca mais se cruzem.

E pude então comprar uma passagem com destino a realidade...


sinto-me: 1dia 1adeus(Guilherme Arantes)

DEVANEIOS Lili às 18:41
| E vc, o que me conta? | ver comentários (4) | favorito

.EU PARTICIPO
.PROCURA AQUI
 
.FOI PARA O BAÚ

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.DÊ UMA ESPIADINHA
.subscrever feeds