Domingo, 17 de Junho de 2007
sala de leitura

Abençoado seja quem inventou a escrita e os nossos maravilhosos escritores que fazem um uso magnifico dela.Eu sou movida a leitura,aprendi muito com os inúmeros ( e bota inúmeros nisso) livros que li ao longo desses anos( e olha que eu aprendi a ler muito novinha).Cada  autor deixa um pouquinho de si ,nas entrelinhas.Assim,além de conhecer um mundo, navegando através das histórias,também conhecemos muita gente.

Quando eu digo muita gente incluo também os tantos que eu conheci por causa de um livro.Vocês já devem ter reparado que esse é um ótimo pretexto pra começar um papo,e ainda dá pra saber o grau de intelectualidade daquela pessoa(claro que é em parte, também tem gente que não curti tanto lê mas que tem um papo e uma vivência inquestionáveis.Porém no geral,pessoas que tem o habito de ler ,são pessoas cultas).Esse é uma boa arma pra mim que adoro ler e leio de tudo,até arrisco jornal esportivo,então,tem sempre onde encaixar o seu conhecimento com o conhecimento do interlocutor.

Numa das raras vezes que eu fui ao hospital(não gosto muito de médicos[nada pessoal]), conheci um carinha muito legal e foi graças a um livro(PS: hospital também é um ótimo lugar pra conhecer gente,ficamos tanto tempo nas filas que acabamos amigos de infância dos parceiros de infortúnio) vou contar como foi:

Quebrei o dedo,e tive que ir ao hospital,cheguei lá as 8:00 da manhã e fui pegar ficha de emergência,pra minha "sorte" estava lotado,todos os velhos e crianças, que tinham prioridade de entrada,resolveram adoecer nesse dia, então fiquei amargando uma espera exaustiva até alguém ter dó de mim e me colocar no consultório(o que não aconteceu eu praticamente tive que entrar forçada,senão não sairia de lá.Isso que dá ganhar pouco e não poder pagar um atendimento particular.Nosso sistema público de saúde,como não deve ser novidade pra ninguém,anda doente das pernas).

Sentei num banco e achei um livro do Luís Fernando Vérissimo,o pobrezinho parecia meio abandonado e sem dono,e como eu não consigo ver um livro abandonado, resolvi adotá-lo. Comecei a ler,estava excitada,porque adoro livros do Veríssimo,ele é muito engraçado,espirituoso,faz-nos pensar de forma lúdica.Bem, estava empolgada.Lá pelo meio do livro (leio muito rápido)  apareceu o verdadeiro "pai da criança" ,na verdade,ele já tava sentado lá há algum tempo,o que me deixou muito curiosa,afinal ele poderia ter ido tomar o livro. Fiquei um pouco sem graça,por ter invadido a privacidade dele,pois o livro nem me pertencia e eu fui logo lendo e pá rá rá pá rá rá.

Para minha surpresa(pensei que ele ia me tomar o livro de volta com uma certa ignorância,ele ter ficado ali me observando podia ser um teste pra ver se eu devolvia o livro.Mas eu nem sabia que era dele.Mil coisas passou pela minha cabeça) ele foi educado,gentil,disse que só tinha ido pedir o livro porq ia embora.Tinha me visto com o livro(que ele tinha esquecido no banco) e como eu parecia tão apaixonada pela leitura,ele não quis interromper(era um cavalheiro o rapaz).

Fiquei muito agradecida de ele não ter tomado e triste de ter q devolver o livro sem ter lido o final.Conversamos sobre o livro do Veríssimo (o titulo dava margem pra muitos debates:AS MENTIRAS QUE OS HOMENS CONTAM) e outros livros,ele tinha uma lista enorme de livros lidos e me contava com um entusiamo que me cativaram, enfim achei meu par,não é uma história de amor o rapaz tinha uma namorada(sortuda a menina,ele realmente era muito agradável e não era só por gostar de livros, como eu, ele era simpático,divertido,inteligente,tipo do homem que é legal ter do lado),ele me completava nos meus gostos e acabamos amigaços.

Saimos algumas vezes,trocamos livros,ele me ajudou em trabalhos...

bendito dedinho quebrado,bendito Luís Fernando Veríssimo...


música: As Mentiras que os Homens Contam(Luís Fernando Veríssimo)

DEVANEIOS Lili às 18:19
| E vc, o que me conta? | favorito

.EU PARTICIPO
.PROCURA AQUI
 
.FOI PARA O BAÚ

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.DÊ UMA ESPIADINHA
.subscrever feeds