Quarta-feira, 18 de Julho de 2007
LUTO

          

     "É uma infâmia nascer para morrer não se sabe quando nem onde.

                (Clarice Lispector)

     " O homem morre tantas vezes quantas vezes perde o seus"

               (Publílio Siro)

 

 

Àos familiares e amigos dos que  tragicamente morreram no acidente da TAM, meu minuto de silêncio...

sonhos pelo caminho, dor , lágrimas... fim...

 



DEVANEIOS Lili às 18:24
| E vc, o que me conta? | favorito

6 comentários:
De Jana a 18 de Julho de 2007 às 20:01
A gente realmente se sente inerte

Beijos


De Fina Flor a 18 de Julho de 2007 às 20:27
Lili, querida, primeiro quero agradecer seus pousos sempre gentis no Fina Flor.

Finalmente dessa vez você deixou o endereço, então vim passear por aqui.

Muito triste, muito, mesmo o desatre.

Me pergunto: até quando o povo pagará por esse governo vergonhoso?

beijos

MM


De Cin a 19 de Julho de 2007 às 03:56
Realmente mto triste tudo isso, a frase da Clarice a outra traduziram perfeitamente esse momento.
Bjos e adorei sua visita!


De Ricardo Rayol a 19 de Julho de 2007 às 13:17
De uma revolta gigante.


De Girassol a 19 de Julho de 2007 às 16:04
Que podemos nós fazer a não ser rezar e pedir para que todas as pessoas que perderem um ente querido encontrem paz e força para seguir em frente.
Beijo.


De Lili a 20 de Julho de 2007 às 00:40
JANA»»Obrigada pela visitinha. E sim, sentimo-nos inertes.


FINA FLOR»» Fiquei lisonjeada com o teu pouso, aqui, no meu cantinho. Venha mais vezes.
O povo tem q se unir pra mudar porq ninguém o fará por nós.
bjocas


CIN»» Obrigada pela visita e volta sempre.
Bjocas

RICARDO»»Igualmente revoltada.
Bjocas

GIRASSOL»» Obrigada por vim iluminar o meu espaço, volta sempre q és muito bem vinda.
Bjocas


.EU PARTICIPO
.PROCURA AQUI
 
.FOI PARA O BAÚ

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.DÊ UMA ESPIADINHA
.subscrever feeds